Alteração de horário de atendimento telefónico nos SAC nos meses de dezembro e janeiro

The aim of this is to share cases and sources of information linked to the research project about long span buildings in modern Mexican architecture, particularly the cases of industrial facilities, considering typologies based in the use of reinforced and prestressed concrete (and the precast building pieces or systems based on them). This might be the fundament to their assessment and eventually important, considering that the understanding of how the buildings were built, is essential to think about its conservation, restoration and reuse.

Em 05.12.2019

The aim of this is to identify some criteria on which have been assessed a few important cases of the recent industrial heritage, taking them as options for approaching to examples in different contexts and to identify action fields taken to precise and to disseminate their values. Those topics, since are the result of research, may also help to open perspectives for new projects.

Em 17.12.2019

The aim of this conference is to offer a panorama of structural types among industrial architecture built after middle twentieth century with the materials and systems employed at that time, such as reinforced and prestressed concrete, trying to precise their values as industrial heritage. As a conclusion, we could start to precise some remarkable values in the industrial architecture during late twentieth century. It is a kind of parallelism on the first construction with iron since last years of the eighteenth and during the nineteenth centuries. Some buildings are notable in their contexts, and some of them responded to the particular circumstances in which they emerged according to available materials and handwork. In some way, those structures are testimonies of new achievements in industrial construction lately shared with monumental architecture.

De 27.11.2019 | 16:30 a 27.11.2019 | 18:00

Brown Bag Seminar - Terás direito a almoço e a certificado de participação!

 

O 3.º Seminhário CONTACONNOSCO da edição 2019/2020, está agendado para 3 de dezembro de 2019. Inscreve-te até 29 de novembro de 2019.

De 03.12.2019 | 12:30 a 03.12.2019 | 14:30

As Candidaturas ao Erasmus Mundus TPTI (Techniques, Patrimoine, Territoires de l’Industrie) docorrem de 15/10/2019 a 12/02/2020 às 23:59 para candidaturas a bolsas EMJMD TPTI e de 27/05/2020 a 16/06/2020 às 23:59 para candidaturas sem bolsa.

As candidaturas ao Erasmus Mundus ARCHMAT – ARCHaeological MATerials Science decorrem de 04/11/2019 a 31/01/2020 às 23:59 para bolsas EMJMD ARCHMAT.  

No âmbito das candidaturas ao programa Erasmus +, nomeadamente à mobilidade de funcionários não docentes para missões de ensino referente ao ano letivo 2019/2020, divulgamos a lista de Bolseiros de Mobilidade STT.

No âmbito das candidaturas ao programa Erasmus +, nomeadamente à mobilidade de docentes para missões de ensino referente ao ano letivo 2019/2020, divulgamos a lista de Bolseiros de Mobilidade STA.

Set.01.2019 / Jul.15.2020
Entrega do Projeto de Tese de Doutoramento
Jan.02.2020 / Jan.04.2020
Preparação para avaliações (Semestre Ímpar)
Jan.06.2020 / Jan.18.2020
Exames de época normal (Semestre ímpar)
Jan.20.2020 / Fev.01.2020
Exames de Recurso (Semestre ímpar)
Fev.03.2020 / Fev.21.2020
Candidaturas a unidades curriculares isoladas - 2ª fase
Fev.03.2020 / Fev.21.2020
Inscrições em Unidades Extracurriculares
2019
Attribute Type Value
0 string '2287'
1 string '2478'
2 string '2501'
3 string '2480'
4 string '2435'
5 string '2404'
6 string '2558'
7 string '2482'
8 string '2483'
9 string '2516'
10 string '2481'
Attribute Type Value
0 array Array(1)
>Edital array Array(3)
1 array Array(1)
>Edital array Array(3)
2 array Array(1)
>Edital array Array(3)
Attribute Type Value
0 string '2480'
1 string '2483'
2 string '2516'

Cursos em Funcionamento

A oferta formativa da Universidade de Évora inclui um leque diversificado de cursos em vários domínios do conhecimento, todos cumprindo os requisitos do Processo de Bolonha. Oferece 43 cursos conducentes ao grau de licenciado (1.º ciclo), 85 cursos conducentes ao grau de mestre (2.º ciclo), dos quais 2 são mestrados integrados e 3 são Erasmus Mundus e ainda 34 cursos conducentes ao grau de doutor (3.º ciclo).

Para além destes ciclos de estudos, a Universidade disponibiliza, ainda, uma grande variedade de cursos não associados à obtenção de um grau, designadamente Cursos de Pós-Graduação, Cursos de Pós-Licenciatura de Especialização em Enfermagem, Cursos de Especialização Tecnológica (CET), de Especialização Técnica e cursos de formação continua.

A modalidade de ensino e de aprendizagem em e-learning aplicada a um curso de mestrado e um de pós-graduação constitui mais uma forma inovadora e enriquecedora da oferta da Universidade de Évora.

A Universidade oferece ainda a possibilidade de frequência como estudante externo de uma grande diversidade de unidades curriculares.

As informações contidas nesta página têm como objetivo divulgar a oferta formativa da UE e promover a Universidade.

 Para efeitos de candidatura ao ensino superior não é dispensada a consulta de toda a informação legal disponibilizada pela DGES (Direção Geral do Ensino Superior).

Licenciaturas (1º Ciclo)

Escola de Artes

Artes Plásticas e Multimédia [plano de estudos atual]
Artes Visuais - Multimédia [plano de estudos terminal]
Design [plano de estudos terminal]
Design [plano de estudos atual]
Música [plano de estudos atual]
Teatro [plano de estudos terminal]
Teatro [plano de estudos atual]

Escola de Ciências e Tecnologia

Agronomia [plano de estudos atual]
Arquitetura Paisagista [plano de estudos atual]
Biologia [plano de estudos atual]
Biologia Humana [plano de estudos terminal]
Biologia Humana [plano de estudos atual]
Bioquímica [plano de estudos atual]
Biotecnologia [plano de estudos atual]
Ciência e Tecnologia Animal [plano de estudos atual]
Ciências da Terra e da Atmosfera [plano de estudos atual]
Ciências do Desporto [plano de estudos atual]
Ecologia e Ambiente [plano de estudos atual]
Engenharia de Energias Renováveis [plano de estudos atual]
Engenharia e Gestão Industrial [plano de estudos atual]
Engenharia Geológica [plano de estudos atual]
Engenharia Informática [plano de estudos atual]
Engenharia Mecatrónica [plano de estudos atual]
Enologia [plano de estudos atual]
Geografia [plano de estudos atual]
Geologia [plano de estudos atual]
Matemática Aplicada [plano de estudos atual]
Química [plano de estudos atual]
Reabilitação Psicomotora [plano de estudos atual]

Escola de Ciências Sociais

Ciências da Educação [plano de estudos atual]
Ciências da Educação [plano de estudos terminal]
Economia [plano de estudos atual]
Educação Básica [plano de estudos atual]
Gestão [plano de estudos atual]
História e Arqueologia [plano de estudos atual]
Línguas e Literaturas [plano de estudos atual]
Património Cultural [plano de estudos atual]
Psicologia [plano de estudos atual]
Relações Internacionais [plano de estudos atual]
Sociologia [plano de estudos atual]
Turismo [plano de estudos atual]

Escola Superior de Enfermagem de S. João de Deus

Enfermagem [plano de estudos atual]
Enfermagem [plano de estudos terminal]

Mestrados Integrados

Escola de Artes

Arquitetura [plano de estudos atual]

Escola de Ciências e Tecnologia

Medicina Veterinária [plano de estudos atual]

Mestrados (2º Ciclo)

Escola de Artes

Design [plano de estudos atual]
Ensino de Música [plano de estudos atual]
Música [plano de estudos atual]
Teatro [plano de estudos atual]

Escola de Ciências e Tecnologia

Análises Químicas Ambientais [plano de estudos atual]
Arquitectura Paisagista [plano de estudos terminal]
Arquitetura Paisagista [plano de estudos atual]
Biologia da Conservação [plano de estudos atual]
Bioquímica [plano de estudos atual]
Direção e Gestão Desportiva [plano de estudos atual]
Ecologia da Paisagem [plano de estudos atual]
Engenharia Agronómica [plano de estudos atual]
Engenharia da Energia Solar [plano de estudos atual]
Engenharia Geológica [plano de estudos atual]
Engenharia Informática [plano de estudos atual]
Engenharia Informática (E-Learning) [plano de estudos atual] [com edição e-learning]
Engenharia Mecatrónica [plano de estudos atual]
Engenharia Zootécnica [plano de estudos atual]
Engenharia Zootécnica [plano de estudos terminal]
Exercício e Saúde [plano de estudos atual]
Gestão e Políticas Ambientais [plano de estudos terminal]
Matemática e Aplicações [plano de estudos atual]
Matemática para o Ensino [plano de estudos atual]
Olivicultura e Azeite [plano de estudos atual]
Psicomotricidade [plano de estudos atual]
Química [plano de estudos atual]
Química [plano de estudos terminal]
Química em Contexto Escolar [plano de estudos atual]
Viticultura e Enologia [plano de estudos terminal]
Viticultura e Enologia [plano de estudos atual]

Escola de Ciências Sociais

Arqueologia e Ambiente [plano de estudos atual]
Economia [plano de estudos atual]
Economia e Gestão Aplicadas [plano de estudos atual]
Economia Monetária e Financeira [plano de estudos atual]
Educação Pré-Escolar [plano de estudos atual]
Ensino de Informática [plano de estudos atual]
Estudos Históricos Europeus e Africanos [plano de estudos terminal]
Filosofia [plano de estudos atual]
Gestão [plano de estudos atual]
Gestão (São Tomé e Príncipe) [plano de estudos atual]
História [plano de estudos atual]
Literatura [plano de estudos atual]
Políticas Públicas e Projectos [plano de estudos atual]
Psicologia [plano de estudos atual]
Sociologia [plano de estudos atual]

Escola Superior de Enfermagem de S. João de Deus

Enfermagem [plano de estudos terminal]

Instituto de Investigação e Formação Avançada

Doutoramentos (3º Ciclo)

Instituto de Investigação e Formação Avançada

Arqueologia [plano de estudos atual]
Arquitectura [plano de estudos atual]
Artes e Técnicas da Paisagem [plano de estudos atual]
Artes e Técnicas da Paisagem [plano de estudos terminal]
Artes Visuais [plano de estudos terminal]
Astrofísica Computacional [plano de estudos terminal]
Biologia [plano de estudos atual]
Bioquímica [plano de estudos atual]
Ciências da Educação [plano de estudos atual]
Ciências da Educação [plano de estudos terminal]
Ciências da Terra e do Espaço [plano de estudos atual]
Ciências da Terra e do Espaço [plano de estudos terminal]
Ciências Veterinárias [plano de estudos atual]
Economia [plano de estudos atual] [curso em associação]
Engenharia Mecatrónica e Energia [plano de estudos atual]
Filosofia [plano de estudos terminal]
Filosofia [plano de estudos atual]
Gestão [plano de estudos atual]
História [plano de estudos atual]
História Contemporânea [plano de estudos atual]
História da Arte [plano de estudos atual]
História e Filosofia da Ciência [plano de estudos atual]
Informática [plano de estudos atual]
Linguística [plano de estudos atual]
Literatura [plano de estudos atual]
Matemática [plano de estudos atual]
Matemática (E-Learning) [plano de estudos atual] [com edição e-learning]
Motricidade Humana [plano de estudos atual]
Música e Musicologia [plano de estudos atual]
Música e Musicologia [plano de estudos terminal]
Química [plano de estudos atual]
Sociologia [plano de estudos atual]

Pós-Graduações

Escola de Ciências e Tecnologia

Ambiente, Sustentabilidade e Educação [plano de estudos atual] [com edição e-learning]

Escola de Ciências Sociais

Inspeção da Educação [plano de estudos atual]

Escola Superior de Enfermagem de S. João de Deus

Intervenção em Feridas [plano de estudos atual]

Cursos de Formação Contínua

Escola de Ciências Sociais

Língua Portuguesa - ERASMUS [plano de estudos atual]

Instituto de Investigação e Formação Avançada

Ética na Investigação [plano de estudos atual]

Cursos Preparatórios

Escola de Ciências e Tecnologia

E-Learning

A Universidade de Évora move-se na multiplicação das modalidades de ensino e de aprendizagem!

Novas oportunidades para aqueles que não podem vir à Universidade, porque estão longe ou porque têm emprego , continuarem a sua formação. Novas oportunidades para partilha de conhecimento, agora numa escala global.

O e-learning foi a modalidade escolhida para enriquecer a oferta formativa da Universidade de Évora. Trata-se de um investimento  em ciclos de ensino em que o aluno tem uma maior autonomia. 

Visite-nos em http://www.we-move.uevora.pt para conhecer os cursos oferecidos na modalidade e-learning.

Estudantes Externos

É considerado estudante externo   qualquer cidadão que se inscreva em Unidades Curriculares Isoladas   oferecidos anualmente para esse efeito pela Universidade de Évora.

O Estatuto de Estudante inscrito em UC isoladas é regulado pelo Regulamento Académico da Universidade de Évora, (a informação disponibilizada neste site não dispensa a consulta do Regulamento).

A candidatura para inscrição em unidades curriculares isoladas só poderá ser realizada on-line, através do SIIUE (http://siiue.uevora.pt) . Consulte o Guia Rápido SIIUE G024 | Candidaturas a UCs Isoladas para obter apoio sobre este procedimento ((No caso da existência de limite de inscrição na UC a afetação das vagas será efetuada por ordem de submissão da inscrição no SIIUE, devidamente instruído como os documentos que comprovem as condições para a inscrição - documento comprovativo da data de nascimento + certificado de ensino secundário/frequência de 12º ano no caso de UC´s de 1º ciclo OU Certificado do grau de licenciado)

Note que para efetuar a candidatura a UCs Isoladas, terá de previamente efetuar um "Novo registo externo"  (em que irá criar um nome de utilizador  e palavra-passe para poder autenticar-se no SIIUE e efetuar a candidatura). Ver Guia de Registo de novo Utilizador  para obter ajuda sobre este procedimento.

Nos termos do Decreto-Lei n.º 65/2018, de 16 de agosto:

  • as uc´s isoladas ou as extra-curriculares do mesmo ciclo de estudos, apenas podem ser creditadas até um limite máximo de 50% do total de ECTS da licenciatura ou do número de ECTS da componente curricular do mestrado ou do doutoramento.
  • cada estudante pode inscrever-se a um número máximo de 60 créditos acumulados em uc´s isoladas ou extra-curriculares do mesmo ciclo de estudos ao longo do seu percurso académico.

         

Condições para a Inscrição:

A inscrição em UC isoladas é permitida exclusivamente a interessados que não sejam estudantes da UÉ nas seguintes condições:

a)  UC de 1.º ciclo ou MI, desde que tenham pelo menos 17 anos à data do pedido de inscrição e tenham concluído ou estejam inscritos no último ano do ensino secundário;

b)  UC de Pós-Graduação, 2.º ou 3.º ciclo, desde que tenham concluído um ciclo de estudos conferente ao grau de licenciado.

A frequência de UC isoladas, mesmo com aproveitamento, não dá direito ao reconhecimento da titularidade de parte ou do todo dos cursos em que as mesmas se integram, nem confere o direito de ingresso no ciclo de estudos em que as UC foram efetuadas.

 

Unidades Curriculares Oferecidas:

Poderá consultar AQUI quais as Unidades Curriculares disponibilizadas pela Universidade de Évora para candidatura em 2019/2020 .

     

Calendarização:

Pedidos de inscrição em Unidades Curriculares Isoladas, em qualquer ciclo de estudos, para  2019/2020:

  • 1ª fase  (ucs de semestre ímpar e par): de 9.set.2019 a 3.out.2019
  • 2ª fase  (ucs de semestre par): de 3.fev.2020 a 21.fev.2020

Propina:

A inscrição em unidades curriculares isoladas em 2019/2020 , está sujeita ao pagamento das seguintes propinas, de acordo com Despacho de Fixação de Propinas:

  • Inscrição em unidades curriculares isoladas de 1º ciclo e de Mestrado Integrado:  25,00€/ECTS
  • Inscrição em unidades curriculares isoladas de 2º ciclo e cursos de formação pós-graduada não conferentes de grau:  30,00€/ECTS
  • Inscrição em unidades curriculares isoladas de 3º ciclo:  35,00€/ECTS

            

INFORMAÇÕES ADICIONAIS:

Informação Académica

Neste ponto é disponibilizada toda a informação relacionada com o percurso académico dos alunos da Universidade de Évora. Constitui uma forma rápida e simplificada de aceder a informação sobre candidaturas, matrículas e inscrições, propinas, taxas e emolumentos, regulamentos, calendário escolar, provas públicas, certificação e suplemento ao diploma, prémios e bolsas e ainda obter diversos tipos de formulários.

Guias e FAQs

Com o objetivo de auxiliar o estudante, são aqui disponibilizados diversos Guias e FAQs de apoio aos diversos procedimentos académicos

Candidaturas

   

CANDIDATURAS 2019/2020

Nos termos do Regulamento de Candidaturas de Acesso e Ingresso na Universidade de Évora , as Candidaturas deverão ser efetuadas on-line, através do Sistema de Informação Integrado da Universidade de Évora (SIIUE) , nos prazos estipulados no Calendário das Candidaturas de Acesso e ingresso na Universidade de Évora em 2019/20 .

Ao aceder ao SIIUE para registo da candidatura no concurso/regime pretendido, o candidato será redirecionado para uma página na internet onde terá de efetuar o registo de candidato  (nome, endereço de correio eletrónico, nº de identificação e uma password  à sua escolha). Após esse registo (ver Guia de Registo de novo Utilizador ) receberá uma notificação no endereço de correio eletrónico indicado, com vista à validação das credenciais de registo de utilizador do SIIUE  (nome de utilizador  e palavra-passe ).

Com a validação deste registo o candidato (inclusive para estudantes da Universidade de Évora que pretendam efetuar candidatura a outro curso/ciclo de estudos) poderá então autenticar-se no SIIUE e efetuar a candidatura.

Documentação

A candidatura deverá ser instruída com os documentos estipulados para cada um dos concursos/regimes, os quais devem ser digitalizados (em formato pdf ou jpg) e inseridos on-line na respetiva candidatura.
No caso de serem submetidos documentos com habilitações que não correspondam à escala numérica de 0-20, a conversão de escala será efetuada de acordo com as regras estipuladas no artº7º do Regulamento de Candidaturas de Acesso e Ingresso na Universidade de Évora ,, devendo o candidato entregar documento emitido pela Instituição de origem das habilitações com a escala utilizada nessa Instituição e com identificação do primeiro escalão positivo.

Autenticação de documentação

Os documentos respeitantes a habilitações não conferidas pela UÉ, necessários para instruir a candidatura, nos termos estipulados para cada um dos concursos/regime, estão sujeitos a autenticação no caso de efetivar matrícula, a qual poderá ser efetuada através de:
a) Apresentação de documentos originais e respetivas cópias simples, no Balcão de Atendimento dos Serviços Académicos da UÉ, procedendo os Serviços à autenticação da cópia, devolvendo os originais;
b) Anexando à candidatura, ou enviando por correio, o documento autenticado pelas instituições certificadas para tal (CTT, Notários, Advogados, Solicitadores, Conservatórias, Juntas de Freguesia, Câmaras de Comércio e Indústria), de acordo com Decreto-Lei n.º 28/2000, de 13 de março;
c) No caso de habilitações estrangeiras, com exceção das obtidas em países da União Europeia, para além da autenticação das cópias descritas anteriormente, é necessário a autenticação pela embaixada ou consulado português no país de origem das habilitações ou mediante aposição da Apostila de Haia, nos termos da Convenção relativa à Supressão da Exigência da Legalização dos Atos Públicos Estrangeiros, de 5 de outubro de 1961.

No caso de colocação e efetivação de matrícula (ficando o estudante inscrito nas unidades curriculares obrigatórias sendo considerado devedor de propinas) deverá o estudante apresentar nos Serviços Académicos documento de identificação e o Visto de estudante (quando aplicável).

A autenticação dos documentos e a apresentação do documento de identificação e visto (se aplicável) referida no número anterior tem de ser efetuada até 31 de dezembro do ano letivo em que ingressa. O estudante que não efetue a autenticação não poderá efetuar, após esse prazo, qualquer ato curricular (pedido de creditação, inscrição em unidades curriculares, entrega de proposta de projeto, etc.). Até que efetive o referido procedimento, não será emitido qualquer comprovativo de matrícula, certificado de aproveitamento ou documento de certificação.

Após conclusão da candidatura, o candidato deverá aceder ao SIIUE, através das credenciais com as quais submeteu a candidatura, para consulta de todas as notificações respeitares à sua candidatura nomeadamente:

  • Visualizar os emolumentos e informação sobre o procedimento para proceder ao pagamento dos mesmos
  • Visualizar o estado da candidatura após a submissão e o resultado da seriação da mesma.

A candidatura apenas poderá ser analisada e validada após pagamento dos emolumentos nos prazos estabelecidos (3 dias após o envio de notificação para pagamento), caso sejam devidos no âmbito do concurso a que se candidata.

No caso de não validação da candidatura , o candidato será notificado de tal, devendo aceder on-line à sua candidatura para introduzir os documentos ou informação em falta na mesma. O candidato terá de submeter novamente a candidatura com os documentos ou informação em falta no prazo máximo de 24 horas após notificação. No caso de não o efetuar neste prazo ou não introduzir os documentos em falta, a candidatura não será considerada na seriação.

Serão excluídos do processo de candidatura os requerentes que prestem falsas declarações, não sendo devido o reembolso de taxas.

Matrículas e Inscrições

A matrícula é o ato pelo qual o estudante se vincula à Universidade, adquire a qualidade de estudante e o direito à inscrição num dos seus cursos.

A inscrição em frequência é o ato que faculta ao estudante a frequência  das unidades curriculares de um curso.

Unidades Extra-curriculares

A inscrição em unidades extracurriculares é regulado pelo Regulamento Académico da Universidade de Évora , (não dispensando esta informação a consulta do respetivo Regulamento) devendo ser realizada através do Gesdoc, com a entrega do Modelo I-004 (No caso da existência de limite de inscrição na UC a afetação das vagas será efetuada por ordem de submissão do pedido no GESDOC, devidamente instruído)

O estudante matriculado e inscrito num ciclo de estudos da UÉ pode inscrever-se em UC, do mesmo grau ou de grau diferente, ficando sujeito às condições seguintes no caso de UC de ciclos de estudos subsequentes :

a)  Estudantes de 1.º ciclo podem inscrever-se em UC de 2.ºciclo, desde que tenham 60 ou menos ECTS em falta para conclusão do 1.º ciclo;

b)  Estudantes de 2.º ciclo com duração de 4 semestres ou MI podem inscrever-se em UC de 3.º ciclo, desde que tenham 60 ou menos ECTS em falta para conclusão do curso;

c) Estudantes de 2.º ciclo com duração de 3 semestres podem inscrever-se em UC de 3.º ciclo, desde que tenham 30 ou menos ECTS em falta para conclusão do curso

A inscrição em unidades extracurriculares pressupõe a inscrição em pelo menos uma UC do curso em que o estudante está matriculado e não serão contabilizadas na atribuição de diploma ou de grau académico nem para o aproveitamento escolar, nem para candidatura a bolsa de estudo ou de mérito.

Nos termos do Decreto-Lei n.º 65/2018 , de 16 de agosto:

  • as uc´s isoladas ou as extra-curriculares do mesmo ciclo de estudos, apenas podem ser creditadas até um limite máximo de 50% do total de ECTS da licenciatura ou do número de ECTS da componente curricular do mestrado ou do doutoramento.
  • cada estudante pode inscrever-se a um número máximo de 60 créditos acumulados em uc´s isoladas ou extra-curriculares do mesmo ciclo de estudos ao longo do seu percurso académico.

No caso de frequentar extra-curriculares de ciclos de estudos subsequentes (estudante de 1º ciclo a frequentar extra-curriculares de 2º ciclo), ao abrigo do art.º 46.º do Decreto-Lei n.º 65/2018, de 16 de Agosto, as UC´s em que obtenha aproveitamento serão creditadas em caso de inscrição do estudante no ciclo de estudos em causa, sem se aplicar o limite acima referido.

Nos termos do RAUÉ, o estudante poderá inscrever-se a um máximo de 72 ECTS por ano letivo, desde que não exceda 42 ECTS em nenhum dos semestres, quer a inscrição seja em UC do plano de estudos do curso em que está matriculado ou em UC extracurriculares. 

Prazos:

1ª fase (para UCs de semestre ímpar e par): de  9/set a 3/out/2019

2ª fase (para UCs de semestre par):  de 3 a 21/fev/2020

 

Lista de UCs disponíveis

Consulte a lista de unidades curriculares, listadas por curso ou  por departamento, que estão disponíveis para inscrição de tipo extracurricular :

Inscrição em UC's Isoladas

Um dos objetivos principais do Espaço Europeu de Ensino Superior é a criação de uma Europa do conhecimento em que a intervenção das Instituições de Ensino Superior seja determinante para a melhoria da qualidade de vida dos cidadãos, com consequente reforço da coesão social. Para atingir este objetivo, as Instituições de Ensino Superior têm um papel importante quer na atribuição de graus académicos 'convencionais', quer na criação de cursos próprios direcionados para o meio em que se inserem e capazes de contribuir para uma efetiva formação contínua dos cidadãos, para a reciclagem de profissionais, a modernização e atualização dos seus próprios alunos e ex-alunos e ainda a difusão cultural e científica.

É considerado estudante externo  qualquer cidadão que se inscreva nas Unidades Curriculares  ou Módulos   oferecidos anualmente para esse efeito pela Universidade de Évora.

Consulte AQUI mais informações sobre a Inscrição em Unidades Curriculares Isoladas.

Propinas

Nos termos do Regulamento de Propinas em vigor, o valor das propinas é independente do número do número de unidades curriculares em que o estudante se encontre inscrito e do número de ECTS obtido em creditação.

Propinas 2018/2019

O montante de propinas a pagar por curso, pela inscrição em tese, dissertação/trabalho projeto ou estágio (D/T/E) ou em unidades curriculares no ano letivo 2018/2019, está definida no Despacho de Fixação de Propinas - Despacho nº33/2018 -, 

Prazos de pagamento de propinas 2018/2019

Pode efetuar o pagamento das propinas nos seguintes prazos:

  • Na totalidade no período da 1.ª prestação (com um desconto de 10%, desde que não usufrua de qualquer regime especial de propinas)
  • Em 7 prestações:
    • 1.ª prestação até 30 de setembro de 2018
    • 2.ª prestação até 30 de novembro de 2018
    • 3.ª prestação até 31 de dezembro de 2018
    • 4.ª prestação até 31 de janeiro de 2019
    • 5.ª prestação até 31 de março de 2019
    • 6.ª prestação até 30 de abril de 2019
    • 7.ª prestação até 31 de maio de 2019

Propinas 2019/2020

O montante de propinas a pagar por curso, pela inscrição em tese, dissertação/trabalho projeto ou estágio (D/T/E) ou em unidades curriculares no ano letivo 2019/2020, está definida no Despacho de Fixação de Propinas - Despacho nº9/2019 -, 

Prazos de pagamento de propinas 2019/2020

Pode efetuar o pagamento das propinas nos seguintes prazos:

  • Na totalidade no período da 1.ª prestação
  • Em 8 prestações:
    • 1.ª prestação até 30 de setembro de 2019
    • 2.ª prestação até 30 de novembro de 2019
    • 3.ª prestação até 31 de dezembro de 2019
    • 4.ª prestação até 31 de janeiro de 2020
    • 5ª prestação até 28 de fevereiro de 2020
    • 6.ª prestação até 31 de março de 2020
    • 7.ª prestação até 30 de abril de 2020
    • 8.ª prestação até 31 de maio de 2020

Incentivos a estudantes internacionais:

Todos os estudantes com estatuto de estudante internacional poderão usufruir de bolsa de mérito ou bolsa de cooperação e desenvolvimento, a qual reverterá para o valor da propina devido. Mais informação consulte Bolsas da UÉ para Estudantes Internacionais.

Os valores e a nota mínima de  mérito por grau constam no Despacho Reitoral nº10/2019.

Formas de pagamento de propinas

O pagamento pode ser efetuado utilizando:

  • a rede de Caixas Automáticas Multibanco ou processo equivalente através do Homebanking/Internet;
  • presencialmente na tesouraria sita nos Serviços Académicos;
  • via Paypal. Esta forma de pagamento é bastante simples, segura e eficiente tendo como grande vantagem, o facto da transação ficar validada no SIIUE imediatamente após o pagamento. Para usar este serviço deverá possuir uma conta Paypal . A criação desta conta é gratuita. 

A informação necessária para proceder ao respetivo pagamento, está disponível no SIIUE, podendo consultar o Guia de Valores em Pagamento.

     

Perguntas Frequentes

Consultar aqui as perguntas frequentes relativamente a propinas.

Creditação

Para efeitos do disposto no Despacho n.º 90/2019  entende-se por:

"Creditação de formação ", a creditação atribuída à:

a) formação realizada no âmbito do sistema de ensino superior português ou estrangeiro (formação académica), em:

  • Ciclos de estudo
  • Curso Técnico Superior Profissional
  • UC isoladas e/ou extracurriculares do ciclo de estudos do estudante ou de ciclos de estudo antecedentes
  • UC extracurriculares de ciclo de estudos subsequentes
  • Cursos não conferentes de grau
  • Cursos de Especialização Tecnológica

b)   Outras formações realizadas fora do âmbito do ensino superior

"Creditação de experiência profissional ", a creditação atribuída pela experiência desempenho profissional ou científica.

A creditação traduz-se na atribuição e ECTS para efeitos de frequência de um curso e obtenção do correspondente grau na Universidade de Évora. No caso de mudanças de curso ou transferências e de anulação de matrícula a creditação obtida é inválida.

Dissertações de Mestrado/Mestrado Integrado

O ciclo de estudos conducente ao grau de mestre contempla para além da parte curricular do mestrado, denominada curso de mestrado, uma dissertação de natureza científica ou um trabalho projeto, originais e especialmente realizados para este fim, podendo ainda consistir num estágio de natureza profissional objeto de relatório final. A possibilidade de elaboração de dissertação, trabalho projeto ou estágio está definido no plano de estudos do respetivo Mestrado.

Prática de Ensino Supervisionada

Os alunos de cursos de 2.º Ciclo - Mestrados que conferem habilitação profissional para a docência na Educação Pré-Escolar e nos Ensinos Básico e Secundário, têm de realizar a Prática de Ensino Supervisionada.

A Prática de Ensino Supervisionada  (PES) constitui-se como uma componente de formação integradora da formação educacional geral, das didáticas específicas, da formação cultural, social e ética, da formação em metodologias de investigação educacional e da formação na área da docência, que visa o desenvolvimento pessoal e profissional do futuro/a docente, através da iniciação da prática profissional num determinado domínio de habilitação para a docência. 

Teses de Doutoramento

Para obtenção do grau de doutor, todos os estudantes têm de ter aprovação nas provas públicas de defesa da uma tese original e especialmente elaborada para este fim, adequada à natureza do ramo de conhecimento ou da especialidade.

Em alternativa, em condições de exigência equivalentes e tendo igualmente em consideração a natureza do ramo de conhecimento ou da especialidade, a tese pode assumir o formato de:

  • Compilação, devidamente enquadrada, de um conjunto coerente e relevante de trabalhos de investigação já objeto de publicação em revistas com comités de seleção de reconhecido mérito internacional, realizados no contexto do ciclo de estudos conducente ao grau de doutor.
  • No domínio das artes, por uma obra ou conjunto de obras ou realizações com carácter inovador, realizados no contexto do ciclo de estudos conducente ao grau de doutor, acompanhada de fundamentação escrita que explicite o processo de conceção e elaboração, demonstre a capacidade de investigação, e o seu enquadramento na evolução do conhecimento no domínio em que se insere.

Provas de Agregação

Os processos académicos referentes a provas de Agregação pautam-se pelos procedimentos constantes do manual de procedimentos anexo à Circular n.º 2/2009

   

Documentos adicionais:

Minuta de Requerimento de Admissão a Provas de Agregação

Legislação  (Decreto-Lei n.º 239/2007 Atribuição do Título Académico de Agregado)

Provas para Obtenção de Título de Especialista

     

A atribuição do Titulo de Especialista rege-se pela seguinte regulmentação: 

     - Ordem de Serviço no 4/2010, de 6 de abril - Regulamento para a Atribuição do Título de Especialista 

     - Decreto lei nº 206/2009 de 31 de agosto e a OS/4/2010 de 6 de abril   

   

Quem pode requerer a atribuição do título de especialista?

Pode requerer a atribuição do título de especialista quem satisfaça, cumulativamente, as seguintes condições:
a) Deter formação inicial superior e, no mínimo, 10 anos de experiência profissional no âmbito da área para que são requeridas as provas;

b) Deter um currículo profissional de qualidade e relevância comprovadas para o exercício da profissão na área em causa.

   

Como formalizar a Candidatura?

A candidatura deve ser formalizada junto dos Serviços Académicos da Universidade de Évora

Os candidatos à atribuição do título de especialista devem apresentar a seguinte documentação:

  • Requerimento do candidato (impresso T-012)
  • 1 Exemplar do currículo, com a indicação do percurso profissional, das obras e trabalhos efetuados e, quando seja o caso, das atividades científicas, tecnológicas e pedagógicas desenvolvidas.
  • 1 Exemplar do trabalho de natureza profissional na área das provas para apresentação, apreciação crítica e discussão.
  • 1 Exemplar de cada uma das obras mencionadas no currículo que o candidato considere relevante.
  • 1 Exemplar do currículo e do trabalho de natureza profissional em formato digital.
  • Fotocópia de Diploma do Curso de Especialização em Enfermagem e Termo de Equivalência ao Diploma de Estudo Superiores
  • Especializados em Enfermagem;
  • Fotocópia da Cédula Profissional; - Declaração de tempo de serviço;
  • Cópia do certificado de habilitações. 

Bolsas e Prémios

A Universidade de Évora procura incentivar e valorizar o mérito e a excelência dos seus alunos, atribuindo anualmente diversas bolsas e prémios aos alunos que se distinguem no seu aproveitamento.

Certificação

Os Estudantes podem solicitar aos Serviços Académicos a emissão de documentos que certifiquem a formação obtida e/ou a sua situação académica.

Num esforço conjunto com vista à melhoria contínua dos serviços prestados, os Serviços Académicos e os Serviços Informática têm implementado e disponibilizado aos estudantes da Universidade de Évora a possibilidade de efetuarem os pedidos de documentos on-line - através do SIIUE - , de forma rápida, fácil e cómoda. Neste momento apenas o Diploma de GrauCertificado  de Aprovações ou Certificado de Habilitações  estão disponíveis para serem requeridos online, mas brevemente outros tipos de pedidos serão disponibilizados.

     

Emolumentos:

Alguns documentos terão de ser pagos, de acordo com o estipulado na Tabela de Emolumentos em vigor.
 

Quando houver lugar a algum pagamento, o mesmo pode ser efetuado utilizando:

  • a rede de Caixas Automáticas Multibanco ou processo equivalente através do Homebanking/Internet 
  • presencialmente na tesouraria sita nos Serviços Académicos;
  • via Paypal. Esta forma de pagamento é bastante simples, segura e eficiente tendo como grande vantagem, o facto da transação ficar validada no SIIUE imediatamente após o pagamento. Para usar este serviço deverá possuir uma conta Paypal  . A criação desta conta é gratuita. 

A informação necessária para proceder ao respetivo pagamento, está disponível no SIIUE , podendo consultar o Guia de Valores em Pagamento .

     

Documentos Emitidos:

Reconhecimento de Graus Académicos Superiores Estrangeiros

RECONHECIMENTO DE GRAUS ACADÉMICOS E DIPLOMAS DE ENSINO SUPERIOR ATRIBUÍDOS POR INSTITUIÇÕES DE ENSINO SUPERIOR ESTRANGEIRAS

O Reconhecimento é “o ato através do qual se atribui a um grau académico ou diploma de ensino superior estrangeiro a totalidade dos direitos inerentes à titularidade do grau académico ou diploma de ensino superior português correspondente.”

Em Portugal, o reconhecimento de graus académicos e diplomas de ensino superior, atribuídos por instituições de ensino superior estrangeiras é regulado pelo Decreto-Lei nº 66/2018  e regulamentado pela Portaria nº 33/2019 . Estes dois diplomas revogam: Decreto-Lei nº 283/83, Decreto-Lei nº. 341/2007, Portaria nº 1071/83, Portaria nº 29/2008 e Portaria nº 227/2017.

Antes de Submeter um pedido de reconhecimento de habilitações estrangeiras à Universidade de Évora deverá consultar o  Despacho nº 71/2019 - Regulamento de Concessão de Reconhecimentos de Graus e Diplomas de Ensino Superior Estrangeiros da Universidade de Évora , publicado no Diário da Republica, 2.ª Série, 152 de 9 de agosto.

Existem três tipos de reconhecimento abrangidos pela legislação em vigor:

  • Reconhecimento Automático
  • Reconhecimento de Nível 
  • Reconhecimento Específico

Antes de avançar clique aqui para identificar o tipo de reconhecimento que deve requerer.

Impressos e Legislação

Numa estratégia de agilização dos procedimentos administrativos, que permita um melhor e mais rápido atendimento aos utentes, procedemos à disponibilização electrónica dos formulários e impressos para requisição de certidões, de comprovativos ou de candidatura.

A consulta da legislação, em particular, dos documentos internos publicados na UE, é de suma importância para toda a comunidade académica. Antes de qualquer ato, consulte atentamente a LEI / REGULAMENTO correspondente.

Requerimentos Eletrónicos

Como forma de agilizar e simplificar o contacto entre os alunos e a Universidade de Évora, procedemos à disponibilização eletrónica dos “Requerimentos Genéricos” possibilitando assim que os alunos de todos os ciclos de estudos possam fazer on-line requerimentos relacionados com os seus processos académicos.

Para tal, deve aceder ao GESDOC  (Sistema de Gestão Documental da Universidade de Évora), com o seu nome de utilizador e palava-passe habituais (os mesmos dados que utiliza no acesso ao SIIUE, Moodle, etc.), e escolher a opção “Requerimentos - Novo ”.

Serviços Académicos

Os Serviços Académicos constituem uma direção de serviços e desenvolvem a sua ação nos domínios pedagógico-administrativo, da vida escolar dos alunos, da concessão de graus e títulos académicos, assegurando a gestão académica dos processos de ensino-aprendizagem e prestando uma assessoria de qualidade em todas as matérias conexas.

No âmbito da Monitorização da Qualidade dos Serviços Académicos, consulte o relatório de auscultação da opinião dos estudantes . 2014|2015

Mobilidade

A Mobilidade é uma constante nas novas políticas do Ensino Superior, reporta a um sinónimo de Progresso, inovação, criatividade e competitividade.

O seu objetivo primordial passa pelo alargamento dos horizontes, retirando as fronteiras e barreiras para uma educação global, tanto no contexto Nacional como Internacional, criando uma diversidade cultural, baseada na troca de valores, conhecimentos e experiências, levando à emergência de pessoal altamente qualificado.

Os Serviços de Ciência e Cooperação através do Gabinete de Apoio à Mobilidade (SCC) gerem os Programas de Mobilidade entre outras funções, permitindo a alunos, docentes, diplomados e não docentes, uma abertura de horizontes no contexto educacional e profissional.

 

Contactos

Serviços Académicos
Gabinete de Apoio à Mobilidade

Informação da Equipa

Edifício de Sto. Agostinho
Rua Duques de Cadaval 7000-810 Évora
Email : mobilidade@sac.uevora.pt
Telefone : (+351) 266 760 220

Estudantes Trabalhadores

O GAE apoia estudantes detentores do estatuto de trabalhador-estudante, no decorrer do seu percurso académico, com instrução, mediação e acompanhamento dos processos académicos.

 

Procedimentos:

- Requer o estatuto de trabalhador estudante no SIIUE
- Entrega a tua declaração para que te seja validado o estatuto
- Dirige-te ao GAE e verifica em que procedimentos te podemos ser úteis